Pesto alla Genovese

By Rodolpho Leonardo  18 jul, 2011   Postado em Cozinha Internacional, História, Ingredientes, Molhos, Receitas

Ah! O sabor da Itália! De tudo o que podemos dizer sobre a gastronomia italiana, uma coisa é certa, o pesto é o sabor da Itália. Este molho frio feito à base de manjericão, basílico na língua nativa, acrescido de alho, parmesão, pignoli, um pouquinho de sal grosso e azeite de oliva é um dos molhos emulsionados mais famosos do mundo. Ficando atrás apenas da maionese. Seu sabor, aroma e frescor descreve a gastronomia italiana como um todo – simples a primeira vista, mas sempre rico e fresco em sabores e texturas.

Este é um molho fantástico que possui inúmeras outras variações que nem deveriam ser chamadas pelo nome majestoso desta preparação genovesa. Muito utilizado como molhos de saladas e massas, ele pode ser usado em praticamente tudo. Para acompanhar um sanduiche de frango, uma salada de tomates, um filé de peixe grelhado ou qualquer outra carne grelhada ou churrasco até mesmo na preparação de um sorvete o pesto sempre cai muito bem.

Variações comuns do pesto são as que substituem alguns de seus ingredientes, como comumente acontece no Brasil de se trocar o pignoli por nozes, ou variações menos sutis de troca de queijo, parmesão por pecorino e assim por diante. Existe uma variação feita com tomate seco, onde substitui o manjericão pela iguaria. Entretanto, a versão apresentada aqui é uma versão clássica, que irá utilizar todos os ingredientes originais desta receita. Vamos lá? Vamos fazer o Pesto Alla genovese?

Ingredientes:

  • 30g de pignoli
  • 50g de queijo parmesão
  • 15g de alho
  • 30g de folhas de manjericão
  • 5g de sal grosso
  • 120ml de azeite de oliva

Modo de preparo:

Primeiramente você terá que torrar  o pignoli para que  o resultado final seja de sabor ainda superior. Em uma panela totalmente seca, coloque o pignoli e leve ao fogo médio, mexendo sempre deixe no fogo até que os pignoli apresente uma coloração mais forte, mas não muito torrado. Reserve. Em um processador ou mortar (pilão) coloque as folhas de manjericão com o sal grosso e comesse a processar. Acrescente os demais ingredientes e processe bem, até a mistura ficar de acordo com a textura que lhe agrade, processe mais para uma textura mais Liza, ou menos para uma textura mais separada e com pedaços maiores. Pronto, agora é só colocar sobre seu alimento preferido e curtir o resultado. Bom apetite.

 

Com dificuldades nas palavras usadas neste post? Visite nossa página Glossário ou envie-nos uma pergunta a respeito.

2 respostas para “Pesto alla Genovese”

  1. Olá Caio!
    Obrigado pela visita ao Diário do Chef. Bom Você pode sim mudar o pignoli por qualquer outro tipo de castanha, como nozes, castanha do pará, amendoin, enfim o que você tiver em mãos e gostar, porém é necessário observar que ao vc passa a chamar apenas de pesto, e não de pesto genovês. Mudando os ingredientes você muda o nome. Abraços, e verei sim seu blog.

  2. caio disse:

    posso mudar o pignoli por outra coisa?
    auhsuhha
    me ajuda no meu blog sou novo nisso…
    http://prepararprovarpostar.blogspot.com/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline